Multa Zero. Multa de Velocidade? Multa ANSR? Evite perder pontos e/ou ficar sem a carta de condução

Multas de trânsito: o que tem de saber

Multas de trânsito: o que tem de saber

Sabe que tipos de multas de trânsito existem? E se sim qual o valor das coimas?

Vamos ajudá-lo a saber a resposta a estas questões e o que uma distração lhe pode custar, em termos monetários mas também de perda de pontos e de inibição de condução - sim uma multa trânsito pode ter 3 sanções em simultâneo e  ficar no seu cadastro rodoviário. E sabia que pagar a multa nada resolve? É verdade!

Para quem conduz, sabe que tem sempre em aberto a possibilidade de ser multado.

Uma multa nunca é uma boa notícia, mas sabemos que elas existem e que comportamentos deveremos ter para as evitar.

Contudo é importante saber quais as consequências para si no caso de  lhe surgir uma multa de trânsito.

Afinal o que é uma multa de trânsito?
De forma simples: se existe um veículo a circular e o condutor, não respeitou o que está em vigor no Código da Estrada, então estamos perante uma multa de trânsito.

Mas que tipo de multas existem e quais as suas características?

  • Podemos afirmar que uma multa por excesso de velocidade é a que mais ocorre, ou seja, circular num local a uma velocidade superior ao permitido.

Por exemplo, no caso de uma viatura ligeira de passageiros os limites de velocidade de referência são os seguintes:
               - Dentro de localidades - 50 Km/h;
               - Fora das localidades - 90 Km/h;
               - Vias reservadas a automóveis e motociclos - 100 Km/h
               - Auto Estradas - 120 Km/h.

E sabia se tiver uma infração por excesso de velocidade que pode sofrer até 4 punições? Ou seja, no caso de uma infração por excesso de velocidade, poderá:
               - Perder pontos: na carta de condução pode perder até 5 pontos;
               - Ter período de inibição de condução: pode ficar até 24 meses sem conduzir;
               - Multa pecuniária: os valores podem variar entre os €60 e os €2.500:
               - Ficar registado no seu cadastro rodoviário.

  • Outros 4 tipos de multas comuns são as de estacionamento, ausência de seguro, de excesso de álcool e de manusear o telemóvel enquanto conduz. 

No caso de multas de estacionamento, por regra somente têm associada a sanção pecuniária.

Contudo se estacionar em cima da passadeira ou em locais reservados a pessoas com mobilidade reduzida, terá igualmente como sanção a perda de pontos e inibição de condução.

A multas por ausência de seguro de responsabilidade civil - ou dito de outra forma, uma viatura sem seguro - e por manusear o telemóvel enquanto conduz, têm igualmente como consequências em termos monetários, perda de pontos e de inibição de condução.

As multas por excesso de álcool, para além de uma contraordenação grave ou muito grave, podem inclusive ser consideradas um crime.

  • Por fim a ausência da realização da inspeção periódica obrigatória, tem apenas como consequência uma sanção pecuniária.

Deste modo, ficou claro que as multas podem ter 4 tipos de consequências:
  • Perda de Pontos
  • Inibição de condução
  • Sanção pecuniária
  • Registo no cadastro rodoviário.           

A única situação em que se verifica apenas a sanção pecuniária é no caso das contraordenações leves.

Existem outras situações de infração ao código da estrada, mas damos-lhe a conhecer aquelas que mais verificamos:
  • Por falta da carta de condução
  • Ausência de cinto de segurança 
  • Pisar ou transpor traço contínuo
  • Passar sinal vermelho
  • Não paragem em sinal de STOP
  • Circulação em sentido contrário

Agora que já conhece melhor os tipos de multas e de contraordenações existentes, bem como as consequências associadas, recorde-se que depende de si evitar as mesmas. Contudo sabemos que quem conduz está sempre sujeito a ter a infelicidade de uma multa de trânsito.

Votos de uma viagem em segurança e sem multas.

Multa Zero.

Preencha os seus dados para falarmos consigo.

      O prazo de defesa da minha multa termina amanhã
      Tomei conhecimento da Politica de Privacidade
      Presto o meu consentimento, livre e voluntário, para a recolha e tratamento dos meus dados pessoais para o envio de comunicações próprias e de terceiros relativas a serviços, notícias, convites, eventos, e outras atividades relacionadas com a área jurídica.